Ads

 Rádio Onlline de Música Latina

Últimas Notícias

Artistas se juntam contra boicote ao reggaeton no Grammy Latino



Nesta terça-feira (24) a maior premiação de música da América Latina, Grammy Latín, revelou a lista de nomes de suas nomeações e suas respectivas categorias.

Todavia parece que a lista de nomeações da Academia de Música da América Latina não agradou aos artistas de música urbana que não foram citados em categorias de peso como de costume, mesmo estando no topo das paradas de sucesso. 

Apesar do reggaeton sempre ser o grande destaque da premiação, esse ano parece que a academia resolveu limitar as nomeações de reggaetoneiros apenas para categorias urbanas e nada muito além disso. O que não faz qualquer sentido, já que além de estar no topo das paradas, álbuns como o de Karol G e Natti Natasha, vieram cheios de representatividade e conceitos., sem contar que artistas como Ozuna que foi o mais premiado na Billboard, foi nomeado apenas uma única vez com Baila Baila Baila no Grammy.

Com isso, artistas urbanos começaram uma campanha pelas redes sociais contra a postura do Grammy, uma vez que tempos atrás o evento já havia boicotado o gênero até enfim, entender a importância do gênero urbano e seu devido valor.

O artista que mais ficou feliz com as nomeações, sem dúvida foi o Alejandro Sanz que foi o mais indicado da premiação! Anitta foi a grande surpresa com seu álbum KISSES, indicada como melhor álbum do ano, ao lado de X100PRE, de Bad Bunny, Mi Movimiento, do De La Ghetto e 19 de Feid e Sueños do Sech.

Rosalía também foi uma das grandes revelações da premiação, J Balvin por sua vez que fez colaboração com a artista aparece apenas com suas canções de participação.

Natti Natasha foi a primeira a levantar a hashtag: #SinReggaetonNoHayGrammyLatin e disse que "por falta de música de boa qualidade não foi" e postou seu álbum para seus seguidores.

“Somos uma cultura, um movimento já estabelecido, nunca dependemos de prêmios (…) Grammy Latino, aprenda a respeitar nosso gênero e nosso produto”.



Daddy Yankee, o rei do gênero e ativista do movimento também, mesmo sendo indicado, fez questão de postar nas redes sociais a hashtag e vários outros cantores resolveram apoiar a causa.


“Apesar de ter sido nomeado, não estou de acordo com a maneira que trataram o gênero e à muitos dos meus colegas. Lembrem uma coisa muito importante, sua plataforma não foi a que criou esse movimento. Isto vai além de um prêmio. Isso é cultura, credibilidade, pertinência e respeito”.


Karol G foi uma delas, que fez questão de repostar a imagem do Daddy Yankee. J Balvin também adotou a hashtag.




Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por J Balvin (@jbalvin) em


Maluma também postou sua opinião ao relatar que estava triste por não ter se quer uma indicação ao Latin Grammy, nem seu álbum com a participação da rainha do pop Madonna, foi nomeado, tão pouco a sua participação com a mesma.




Nenhum comentário

Bem-Vindo ao site OFICIAL DO Reggaeton Brasileiro, deixe seu comentário e sua opinião, compartilhe com seus amigos e fique sempre ligado nas novidades. Obrigado por ler mais uma postagem de nosso site!


ATENÇÃO - REGRAS DE COMENTÁRIOS

Não escreva nada agressivo, racista, ou pejorativo, tais comentários serão apagados.

Evite comentários ANÔNIMOS, se identifique ao menos com um nome. Pra isso basta escolher Comentar como: Nome/URL Se possível deixe em URL seu link para contato.